domingo, 29 de maio de 2016

Deus Brahma - Atividade para o 6º Ano

Instruções para o professor: peça aos alunos para recortarem o Deus Brahma e os retângulos com os textos. Depois eles deverão colar no caderno ou em uma folha à parte o Deus Brahma e identificar as castas e colá-las nos lugares corretos.

A imagem foi retirada do livro: História nos Dias de Hoje, 6º Ano, Editora Leya, pág. 151.

Atividade em Word.

Abaixo segue o gabarito:

Periodização (Linha do Tempo) do Egito Antigo

Os mapas abaixo foram retirados do livro: História nos dias de Hoje - 6º Ano, da Editora Leya, páginas 94 e 95.





terça-feira, 17 de maio de 2016

Série Grandes Civilizações - TV Escola

Novo link para os vídeos da TV Escola:


   

Abaixo uma lista com os títulos que você pode encontrar no link: Grandes Civilizações

A CHINA ANTIGA - PARTE 1
A CHINA ANTIGA - PARTE 2
A GRÉCIA ANTIGA - PARTE 1
A GRÉCIA ANTIGA - PARTE 2
A ÍNDIA - PARTE 1
A ÍNDIA - PARTE 2
MESOPOTÂMIA - PARTE 1
MESOPOTÂMIA - PARTE 2
O ANTIGO EGITO - PARTE 1
O ANTIGO EGITO - PARTE 2
O IMPÉRIO ASTECA - PARTE 1
O IMPÉRIO ASTECA - PARTE 2
O IMPÉRIO BIZANTINO - PARTE 1
O IMPÉRIO BIZANTINO - PARTE 2
O IMPÉRIO INCA - PARTE 1
O IMPÉRIO INCA - PARTE 2
O IMPÉRIO PERSA - PARTE 1
O IMPÉRIO PERSA - PARTE 2
O IMPÉRIO ROMANO - PARTE 1
O IMPÉRIO ROMANO - PARTE 2

segunda-feira, 9 de maio de 2016

Terra de Grandes Impérios

Suméria: o berço das cidades

Os sumérios habitavam o sul da Mesopotâmia, uma região favorecida pelas enchentes periódicas dos rios tigre e Eufrates. Nessa área, eles fundaram as primeiras cidades da história: Eridu, Ur, Uruk e Nipur. Pelo fato de essas cidades serem independentes entre si, os estudiosos as chamaram de “cidades-Estado”.
No início, o rei da cidade era o principal sacerdote de um templo. Ele era eleito por uma assembleia de homens livres, que também tinha de ser consultada no caso de campanhas militares.
A partir do terceiro milênio antes de Cristo, surgiram os impérios, ou seja, várias cidades passaram a ser dominadas por uma. Todas as cidades eram obrigadas a fornecer soldados e a pagar tributos ao0 governo da região dominadora. O Império Acádio (isto é, da região de Acad) foi o primeiro império mesopotâmico de grande extensão territorial.

Babilônia: a capital de um grande império

Por volta de 1900 a.C., a cidade da Babilônia tornou-se a sede de um grande império: o Primeiro Império Babilônico. Seu maior desenvolvimento ocorreu durante o governo de Hamurabi (1792-1750 a.C.). Hamurabi, além de ter conquistado muitos territórios, unificando quase toda a Mesopotâmia, foi também um grande administrador.
Em seu reinado houve duas grandes realizações:
·  O desenvolvimento da agricultura, favorecido pela construção e conservação de grandes reservatórios de água e canais de irrigação;
·  A elaboração do Código de Hamurabi, um conjunto de leis que deviam ser obedecidas em todo o império.
Após a morte de Hamurabi, seus sucessores tiveram dificuldades em manter o império unido, até que foram derrotados pelos hititas, um povo que habitava a região da Anatólia (atual Turquia).

Assírios: um povo militarista

Enquanto a Babilônia era destruída, surgia ao norte um império guerreiro e conquistador: o Império Assírio.
Os carros de combate e a cavalaria eram os elementos ofensivos do exército assírio. A infantaria, mais numerosa, compunha-se de arqueiros e lanceiros. Eles usavam capacete, couraça, botas e um grande escudo. A defesa ficava a cargo da infantaria ligeira, que carregava armamentos mais leves.
A ação dos exércitos assírios ficou marcada pela violência com que tratavam os vencidos. Por onde passavam, eles deixavam fileiras de mortos e cidades destruídas, e depois partiam carregando ouro, animais e outros bens saqueados dos povos dominados.
A enorme extensão do império tornou-se um problema para os reis assírios. Eles não conseguiam controlar revoltas, que explodiam em todas as regiões. No final do século VII a.C., as cidades assírias foram conquistadas pelos babilônios.

O Novo Império Babilônico

A desestruturação dos assírios possibilitou o renascimento do Império Babilônico, agora comandado pelos caldeus. Por essa razão, o novo império ficou conhecido também como Império Caldeu. O rei de maior destaque desse período foi Nabucodonosor, que destruiu a cidade de Jerusalém e enviou seus habitantes como prisioneiros para a Babilônia.
A Babilônia foi reconstruída, depois de vários anos de guerras civis, revoltas e invasões que devastaram a cidade. Palácios e templos foram erguidos ou recuperados [...]. A cidade também se tornou um importante centro comercial, por onde passavam caravanas de mercadores que se dirigiam ao Oriente.
O Novo Império Babilônico teve curta duração. Com a morte de Nabucodonosor seguiu-se uma disputa pelo trono entre seus sucessores que enfraqueceu o império. Em 539 a.C., os persas conquistaram a cidade da Babilônia.

Fonte:  Projeto Araribá, História, 6º Ano. 3ª Edição, 2010. Editora Moderna. Págs: 81, 82 e 83.


terça-feira, 19 de abril de 2016

Mesopotâmia - resumo e atividades

Mesopotâmia

A palavra Mesopotâmia vem do grego e significa “entre rios”, por isso esse nome é dado a uma comprida faixa de terra cortada por dois grandes rios: o Tigre e o Eufrates, que deságuam no Golfo Pérsico.

O clima da Mesopotâmia é quente e seco durante a maior parte do ano e sua vegetação é pobre. Apesar disso, os povos da região souberam aproveitar as águas do Tigre e Eufrates para irrigar a terra, praticar agricultura e evitar os longos períodos de fome tão comuns naqueles tempos. Com isso, construíram cidades e, a partir delas, reinos e impérios. Entre esses povos estavam os sumérios, os acádios, os amoritas, os assírios e os caldeus.

No geral, eram povos politeístas, pois acreditavam em vários deuses ligados à natureza. No que se refere à política, tinham uma forma de organização baseada na centralização de poder, onde apenas uma pessoa (imperador ou rei) comandava tudo. A economia destes povos era baseada na agricultura e no comércio nômade de caravanas.



Fontes:


História, Sociedade e Cidadania. 6º Ano. Alfredo Boulos Júnior.2009. Pág. 91



Atividades


1. A palavra Mesopotâmia vem do grego e significa “entre rios”. Quais os nomes dos rios onde se situava a Mesopotâmia?

2. Qual a solução encontrada pelos povos da Mesopotâmia para driblarem o clima da região?

3. Quais povos habitavam a região da Mesopotâmia?

4. Explique a política destes povos.


5. Faça um desenho para ilustrar a economia destes povos.

Mapa Mesopotâmia - 6º Ano

Proposta de atividade:

Consulte um mapa atual e descubra os países cujo território corresponde total ou parcialmente à Mesopotâmia.


Mapa e atividade extraídos do livro: História, Sociedade e Cidadania. 6º Ano. Alfredo Boulos Júnior.2009. Pág. 91.

Mapa atual:

Fonte: https://advbrasil.wordpress.com/2012/08/10/israel-pode-atacar-o-ira-antes-de-novembro/


domingo, 10 de abril de 2016

Linha do Tempo

Extraído do livro:
Caderno de exercícios Saber e Fazer - 6º Ano, pág. 45.



Período Neolítico


Abaixo segue as transformações decorrentes da invenção da agricultura no período Neolítico.
Extraído do livro:
Caderno de exercícios Saber e Fazer - 6º Ano, pág. 40.


sexta-feira, 8 de abril de 2016

Mini monografia para o 2º Ano EM

A partir da ideia de projeto/monografia de uma colega e da minha Orientadora na graduação e mestrado, elaborei meu próprio roteiro para trabalhar mini monografia com o 2º ano. Como é a primeira vez que pretendo fazer isso, resolvi utilizar como ponto de partida, o próprio livro deles. Vamos ver depois como vai ficar!



Mini monografia


Esta atividade, individual, será desenvolvida ao longo dos quatro bimestres do ano de 2016. Em cada bimestre o aluno entregará uma parte de sua pesquisa, e no 4º bimestre, apresentará sua mini monografia. Esta pesquisa possui valor bimestral de 3,0 (três) pontos. O estudante deverá selecionar UM dos capítulos do seu livro de História deste ano como tema.
A monografia deverá ser composta de 5 itens:

1. Folha de rosto
2. Introdução (apresentação do tema, objetivos e justificativas) – (máx. 2 laudas e meia)
3. Desenvolvimento (análise do material pesquisado) – (máx. 6 laudas)
4. Conclusão – (máx. 2 laudas e meia)
5. Referências Bibliográficas e Anexos (se houver)

Itens da monografia

1. Folha de rosto (ver anexo)
1.1 Título: deve conter: objeto de análise ou tema, local e período. Exemplo: O culto divino e ao culto funerário (tema) no Antigo Egito (local): 1307-1070 a. C. (corte temporal)

2. Introdução

Você, aluno (a), apresentará as seguintes questões, em no máximo 2 laudas e meia:

• O que é a pesquisa: O quê? Quando? Onde? Como? Por quê?
• Qual o seu interesse?
• Discussão Historiográfica (pelo menos 3 autores/livros/artigos que falem do seu tema)
• Problemática do tema de pesquisa, em forma de pergunta. Exemplo: O Brasil, em 1500, foi descoberto, invadido ou ocorreu um encontro entre culturas diferentes?
• Justificativa (o porquê do corte temporal e a justificativa do título)

3. Desenvolvimento

Aqui, você irá discorrer a análise/fichamento do material pesquisado. Apresente material de diferentes pontos de vistas sobre seu tema de pesquisa. Vale acrescentar imagens, dados estatísticos, tabelas, etc.

4. Conclusão

Nesta parte, você irá apresentar a resposta da sua problemática com base do que apresentou no desenvolvimento, incluindo extraindo trechos do mesmo.

5. Referências Bibliográficas e Anexos

Consulte o site ao lado para formatar seu trabalho (ABNT): http://www.leffa.pro.br/textos/abnt.htm#5.9.1.1

Formatação da Introdução, Desenvolvimento e Conclusão:
Letra: Times New Roman, tamanho 12;
Margens:  superior: 3 cm; inferior: 2 cm; direita: 2 cm; esquerda: 3 cm;
Entrelinhas: 1,5.

terça-feira, 5 de abril de 2016

Normas da ABNT

Achei este site com as informações simples e diretas sobre as normas da ABNT:

Normas da ABNT
Citações e Referências Bibliográficas



REFERÊNCIA:

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 10520: informação e documentação: apresentação de citações em documentos. Rio de Janeiro, 2002.